Sinderon assegura junto ao TCE suspensão do ponto eletrônico em Porto Velho

51

Uma decisão monocrática do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE), Francisco Carvalho da Silva, suspendeu a obrigatoriedade do sistema de ponto eletrônico para servidores da Enfermagem no município de Porto Velho.

A informação foi confirmada nesta sexta-feira (04) pelo presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem de Rondônia (Sinderon), Charles Alves Oliveira. De acordo com ele, o TCE atendeu a uma solicitação feita pelo Sinderon que apontou, entre outras demandas, o alto índice de contágio causado pelo novo coronavírus, em especial a nova cepa, ômicron.

Charles destaca o Sinderon vem lutando, desde o início da pandemia, para que os profissionais da Enfermagem tenham a mínima segurança para exercer suas funções, como luvas, máscaras e todo EPI destinado à Enfermagem.

O presidente agradeceu o empenho do conselheiro Francisco Carvalho, que mesmo fora do Estado em tratamento de saúde, atendeu de pronto, o pedido feito pelo sindicato, suspendendo o uso de biometria no ponto dos servidores.

Charles destacou ainda o empenho e o apoio do deputado federal Mauro Nazif, que sempre tem se colocado a disposição, para junto com o sindicato, tentar ajudar os servidores.