VALE DO GUAPORÉ – Ações de assistência técnica e extensão rural incentivam e fortalecem organizações sociais rurais na região

64

Convênio firmado com Mapa teve por objetivo fortalecer o cooperativismo e associativismo local e apoiar o desenvolvimento rural

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) realizou na última terça-feira (15), um seminário para o fortalecimento das Organizações Sociais Rurais (OSR) do território do Vale do Guaporé. Por intermédio da parceria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) foram investidos recursos na ordem de R$ 172 mil oriundos de emenda parlamentar para capacitação de agricultores familiares daquela região.

O evento foi realizado na Câmara Municipal de São Francisco do Guaporé e contou com a participação de membros de 18 associações rurais dos municípios de Alvorada do Oeste, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, São Francisco do Guaporé e Costa Marques.

O Vale do Guaporé é uma região privilegiada destacando-se nas atividades agropecuárias, com forte potencialidade para a produção de grãos e criação de gado bovino e grande capacidade de desenvolvimento para o setor turístico, além da pesca que abastece a zona e os mercados de Porto Velho, Guajará-Mirim e parte dos estados da região sudeste brasileira. “O Vale do Guaporé é uma verdadeira fortaleza, representado por uma fortaleza que é o Forte Príncipe da Beira”, elogia a extensionista da Emater, Vanessa Porto de Lima.

Vale do Guaporé tem potencial para turismo com preservação do meio ambiente

O convênio firmado com o Mapa teve por objetivo fortalecer o cooperativismo e associativismo local e apoiar os micros e os pequenos empreendedores rurais a fim de promover a geração de trabalho, o desenvolvimento humano e a inclusão social para a melhoria da qualidade de vida das comunidades residentes no Vale do Guaporé, localizado na região centro-oeste de Rondônia.

A proposta apresentada pela Emater visou capacitar e fortalecer 18 associações rurais beneficiando, de forma direta 360 agricultores familiares, beneficiando, de forma in direta, 1.080.

O projeto para fortalecimento das organizações sociais promoveu no Vale do Guaporé um processo de formação com 56 oficinas de diagnóstico e planejamento, 18 cursos de formação em Gestão, seis workshops e uma visita técnica a uma OSR modelo no município de Rolim de Moura.

Vanessa Porto de Lima explica que a realização do seminário teve por objetivo apresentar os resultados e encerrar as ações previstas no convênio, porém a assistência às OSRs será continuada tendo em vista a necessidade de acompanhamento e assessoria de forma integral por parte da Emater.

“Ver a participação da comunidade no seminário, possibilitar esse acesso aos agricultores, entender as mudanças que houve, os frutos que estão sendo colhidos, em tão pouco tempo, nos deixa muito feliz, motivada e com muita vontade de trabalhar em prol desses agricultores que merecem tanto o nosso serviço de assistência técnica e extensão rural”, disse a extensionista.

Além da participação dos membros das associações rurais dos cinco municípios que integram a região do Vale do Guaporé, o seminário contou com a presença dos jovens rurais da Escola Família Agrícola de São Francisco do Guaporé, já levando a essa comunidade os conceitos de cooperativismo e associativismo como forma de fortalecimento da comunidade.