Sérgio Pires – Com esperança de que a nova onda da pandemia regrida, 240 mil alunos voltam às aulas nesta quarta

83

É neste pacote de esperança e cuidados que as aulas retornam nesta quarta. Que tudo corra como o planejado!

“É com grande alegria e com a esperança de dias melhores, que iniciamos o ano letivo de 2022. As escolas foram reestruturadas para atender aos protocolos estabelecidos pela Agevisa e Secretaria Estadual de Saúde, a fim de que, servidores, alunos e pais encontrem um ambiente que proporcione o cumprimento das medidas de segurança, referente à Covid-19. A Educação nunca parou! Sigamos firmes e confiantes! Sejam todos muito bem-vindos alunos, professores e demais servidores das nossas escolas. Desejo sucesso no ano de 2022”. A mensagem do secretário da educação do Estado, Suamy Vivecananda, exclusivo para esta Blog, resume bem a esperança de que, a partir desta quarta-feira, os milhares de alunos, professores e demais funcionários que voltam às salas de aula, tenham um início de ano letivo quase perto do normal, depois de mais de dois anos e meio de pandemia. Só no Estado, retornam, de forma presencial, mais de 195 mil estudantes, nas perto de 400 escolas geridas pela Seduc. Serão ainda nove mil professores e seis mil servidores de volta. A abertura oficial será pela manhã, na Escola Estadual Cora Coralina, no município de Ariquemes. Na Capital, a secretária Gláucia Negreiros também mobiliza toda a sua equipe para receber nada menos do que 45 mil estudantes, nas escolas que fazem parte da rede municipal. O pacote de professores e servidores que retornam neste 9 de fevereiro, bate próximo a 5.600 trabalhadores. Gláucia também registrou sua mensagem, igualmente através deste espaço. Ela saudou os alunos, professores e servidores, desejando que seja um ano letivo de muitas ações, conquistas e sucesso, mesmo com todas as dificuldades que ainda enfrentamos, por causa do vírus. Gláucia informou ainda que, num longo estudo feito pela Semed concluiu que houve sim, grandes prejuízos ao ensino, durante a pandemia. A intenção é recuperar o tempo perdido o mais rápido possível. A Semed está convocando todos os alunos para aulas presenciais, mas abrirá exceção para os que têm comorbidades e nos casos em que os pais não se sintam seguros, neste primeiro momento, para que seus filhos voltem à sala de aula.

anto em nível estadual quanto municipal, os cuidados extremos continuarão sendo tomados. Mesmo que o contágio tenha aumentado nas últimas semanas, o lenitivo é que, entre os atingidos pela doença, nesta nova fase, uma imensa maioria são de casos que atingem adultos e pessoas de mais idade. Pouquíssimos são os casos de professores e estudantes, crianças e jovens, atingidos pela doença. Na rede estadual, o total de casos durante a reta final do ano passado foi muito pequeno. Na rede municipal igualmente. Não se registrou, pelo menos até agora, nenhum caso fatal entre alunos tanto da rede estadual quanto da municipal. É neste pacote de esperança e cuidados que as aulas retornam nesta quarta. Que tudo corra como o planejado!

UMA TÊNUE GOTA SUOR FRIO: É A PREOCUPAÇÃO NA VOLTA DAS AULAS AQUI E EM TODO O PAÍS

Em relação ao retorno às escolas, não só em Rondônia como em praticamente todo o país, há um grande esforço para que o sistema educacional retorne ao mais perto da normalidade. Seria hipocrisia não reconhecer que, mesmo com todos os cuidados e prevenções, não existam riscos. Há sim! Mesmo que quase imperceptível, não se pode negar que há uma gota de suor frio, aquele de preocupação, um fio tênue, mas presente, descendo no rosto dos gestores da educação aqui e em todo o Brasil. A pandemia vai e volta. Eventualmente os números de afetados crescem, os leitos hospitalares vão rareando e as UTIs cada vez mais lotadas, resumem que não há ainda segurança total de que não se está correndo algum risco. Contudo, mais e mais vozes, vindos da Ciência e da Medicina, apontam que o pior já passou e que a tendência do vírus é se tornar cada vez menos violento e letal. É com este espírito esperançoso que nossas escolas vão voltar a conviver com a alegria das crianças e jovens, com seu vozerio e suas gritarias, fazendo com que sonhemos que vamos voltar a viver uma vida perto do normal. Torçamos por isso, pois!

ENERGÚMENO DO PT PRESTA DESSERVIÇO À ESQUERDA E ENCHE DIREITA DE MUNIÇÃO

O Partido dos Trabalhadores deveria expulsar, com urgência, um vereador que elegeu em Curitiba. Por pura burrice incontrolável. O idiota prestou um dos piores desserviços ao seu partido, neste final de semana. O nome do quadrúpede é Renato Freitas. Pois essa criatura, tomada pela ignorância e sem avaliar o enorme prejuízo para todo o seu partido, para seus companheiros da esquerda e para a candidatura de Lula à Presidência, decidiu, junto com um grupo de descerebrados e desocupados, invadir uma missa, numa Igreja Católica da capital paranaense, armado com bandeiras do PT, do PC do B e outras siglas extremistas. Para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro. A notícia explodiu nas redes sociais e em parte da mídia (claro que aquela outra parte, fez de conta que nada aconteceu!) e, obviamente, o ato insano serviu de munição para a direita disparar todas as armas possíveis, na guerra ideológica, contra o petismo, contra a esquerda e contra, claro, o líder maior, Luiz Inácio Lula da Silva. O vereador-energúmeno, agora, será ojerizado tanto por seus companheiros quanto por outros membros da Câmara de Vereadores e, ainda, será destroçado pela direita. Burro!

RAFAELA, UMA LINDA MENINA LOIRA, FEZ SUCESSO NO MEIO DA MULTIDÃO, NO COLO DE BOLSONARO

Não é incomum o presidente Bolsonaro chegar em alguma cidade e ser abraçado e saudado também por crianças. Em Porto Velho, não foi diferente. Durante sua estada na Capital, Bolsonaro foi saudado por uma multidão, seguido por centenas de motociclistas, ouviu os tradicionais gritos de “Mito” e apertou dezenas de mãos. Mas certamente, as cenas que mais encantaram a multidão, foi quando o Presidente foi abraçado por uma menina e, depois, carregou outra em seu colo. Aos dois anos e meio, a linda Rafaela, loiríssima, rondoniense da gema, é filha de um dos maiores cirurgiões do Estado, o médico Thiago Patta e de dona Natila. A menina foi uma festa para os olhos de Bolsonaro. Durante alguns momentos, a linda Rafaela atraiu todos os olhos, as câmeras e os celulares, enquanto distribuía seu lindo sorriso, junto da multidão. Ela é neta de Osmar Silva, um dos grandes jornalistas de Rondônia, pai de Thiago. Rafaela foi uma atração especial, durante a visita de Bolsonaro, para orgulho de toda a família!

TROCA DE MINISTROS ANUNCIADA: PELO MENOS ONZE SAIRÃO NO FIM DE MARÇO

Quem serão os onze ministros de Bolsonaro que vão sair para disputar a eleição? Entre nomes mais conhecidos em nível nacional e outros menos famosos, mas também com cacife eleitoral em seus Estados, pelo menos onze ministros devem deixar o governo Bolsonaro até o final de março, para disputar a eleição de outubro. Foi o próprio presidente quem deu a informação, em sua recente visita a Porto Velho, quando veio encontrar-se com o presidente peruano Pedro Castillo, na semana passada. Entre as figuras mais conhecidas estão Damaris Alves, que concorrerá ao Senado por São Paulo; Tarcísio de Freitas (ao governo de São Paulo); Onix Lorenzoni (governo do Rio Grande do Sul); Ciro Nogueira, da Casa Civil (Senado do Piauí); Tereza Cristina (deputada federal pelo Mato Grosso) e Marcos Pontes, da Ciência e tecnologia (deputado federal por São Paulo). Compõem a lista ainda Anderson Torres, da Justiça e Segurança Pública (Senado pelo Distrito Federal); João Roma, do Ministério da Cidadania (governo da Bahia); Fábio Faria, das Comunicações (deputado federal pela Bahia); Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional (deputado federal pela Bahia) e, por fim, a secretária de Governo Flávia Arruda (Senado pelo Distrito Federal). O rondoniense Marcos Rogério ocupará alguma dessas vagas?

MINISTRA GARANTE ALFANDEGAMENTO DA FUTURA BALSA QUE LIGARÁ COSTA MARQUES À BOLÍVIA

Resquícios ainda da visita Presidencial e de ministros a Porto Velho: o deputado Lúcio Mosquini está comemorando o sinal verde tanto de Bolsonaro quanto da ministra Tereza Cristina, no avanço da luta pela implantação da Balsa em Costa Marques, o que ajudará em muito nossos negócios e a integração com a Bolívia. Mosquini apresentou à ministra Tereza Cristina, sobre a necessidade do projeto de implantação do alfandegamento e instalação da balsa para travessia do Rio Guaporé, em Costa Marques na fronteira com Puerto Ustarez, no departamento do Beni, Bolívia, com o município rondoniense. O grande gargalo e maior empecilho que existiam, era viabilizar a vinda da Receita Federal. Na conversa, o coordenador da bancada federal no Congresso, ouviu que há um compromisso assumido pela Ministra, para que o posto da Receita se torne realidade. Mosquini comemorou o sinal verde e disse estar confiante que nos próximos meses a Receita Federal já estará alfandegando a travessia em Costa Marques, que será feita através de uma balsa.  A Agência Nacional de Transportes Aquaviários, já iniciou o processo de credenciamento do operador da balsa. “Esse é mais um indicador positivo que nos mostra que as coisas estão dando certo”. Para Lúcio Mosquini, a implantação da balsa é um processo importante, que vai alavancar a economia de todos os municípios, principalmente os da região da BR 429 e Costa Marques”.

FESTAS, AGLOMERAÇÃO, CUIDADOS ZERO: O VÍRUS ESTÁ À SOLTA E INFECTOU MAIS DE 40 MIL RONDONIENSES EM CINCO SEMANAS

Mais de 40 mil novos casos de rondonienses atingidos pelo Coranavírus, apenas neste ano. Desses, quase 11 mil são de Porto Velho. Ou seja, a terceira onda do vírus chega com tudo, entre nós. Hospitais lotados, UTIs já com gente na fila. Até o início da semana, o Boletim 677 da Sesau apontava para 216 pacientes internados; 335.776 casos de pessoas atingidas e, lamentavelmente, um total de 6.880 vidas perdidas. O que está acontecendo, para este grande salto negativo, mesmo num Estado em que, pelos números oficiais, nada menos do que 2 milhões e 536 mil doses de vacinas já foram aplicadas (mais de 2 milhões e 300 já com duas doses)? As explicações são, aparentemente simples: abandono dos mínimos cuidados, por parte de milhares de pessoas, desde próximo ao final do ano passado e nas primeiras seis semanas de 2022. As festas de final de ano colocaram o vírus nas ruas com toda a força. A partir daí, os contágios foram se multiplicando. Festas e mais festas, regadas a bebedeiras, são realizadas em praticamente todas as cidades, todo o mundo sem máscara, sem distanciamento e com desprezo total à doença, escancararam as portas para que ela voltasse com tudo. Afora isso, agora se inventou um tal de “Pancadão”, onde milhares de pessoas se aglomeram em espaços mínimos, obviamente com cuidados zero, praticamente convidam o Corona para infectar cada vez mais gente. O vírus está à solta! E, desse jeito, não vai ser contido tão cedo.

TUCANOS NÃO FAZEM ELEIÇÃO INTERNA E PRORROGAM MANDATOS. MARIANA CARVALHO SEGUE NO COMANDO EM RONDÔNIA

Um dos partidos tidos como sempre preocupado na defesa da democracia, desistiu, ao menos por enquanto, de exercitá-la da porta para dentro. O PSDB, também conhecido como ninho tucano, decidiu, nesta semana, que vai prorrogar, sem qualquer disputa eleitoral, os mandatos do presidente nacional, Bruno Araújo e de todos os presidentes dos diretórios regionais. Ou seja, os atuais mandatários do partido terão carta branca para as negociações políticas, através de parcerias autorizadas pela legislação eleitoral (as coligações agora têm o apelido de “federações” entre siglas e são obrigadas a durar quatro anos, pelo menos!), sem qualquer oposição interna. Quem está no comando do ninho do tucanato, permanecerá nele até 31 de maio do ano que vem, ou seja, bem depois da disputa nas urnas deste ano. O PSDB apoiará algum outro nome ou manterá, por teimosia, sabendo que não tem chance alguma, a candidatura de João Dória? Já há movimentos dentro do partido querendo convencer Dória a desistir, abrindo para a volta do nome de Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul ou outro nome que não tenha a imensa rejeição que tem Dória. Em Rondônia, a deputada federal Mariana Carvalho, um nome cada vez mais poderoso no PSDB, permanecerá, portanto, no comando do partido. É ela quem  dará as cartas em eventuais acordos com outros partidos; formará a chapa tucana para a disputa ao Congresso e terá a missão de carregar nas costas, caso não mude a situação, o pesadíssimo nome de João Dória à Presidência. Como sairá dessa, a competente deputada rondoniense?

PERGUNTINHA

Você concorda ou não acredita no resultado de um estudo científico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que apontou que o Lockdown feito em todo o país e no mundo, não ajudou em nada a diminuir o número de mortes, durante a pandemia?