Polícia identifica duas adolescente por ameaçar escola de Porto Velho

44

Delegacia também confirmou que há indícios de que ela planejava “praticar canibalismo” contra as vítimas. As ameaças foram publicadas em um perfil falso do Twitter.

Uma adolescente de 17 anos foi identificada como autora de ameaças feitas aos alunos e professores do Instituto Estadual de Educação Carmela Dutra, em Porto Velho. Ela foi apreendida durante operação realizada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20).

A polícia informou que a menina se inspirou em personagens de filmes de terror e há indícios de que ela planejava “praticar canibalismo” contra as vítimas, segundo as investigações.

As ameaças começaram a ser publicadas no twitter em março deste ano. Em um perfil falso, a adolescente teria postado imagens de armas ao lado de munições e ameaçado invadir a unidade de ensino. A instituição chegou a suspender as aulas por conta das ameaças.

O caso começou a ser investigado pela Polícia Civil e quando foi identificado que a suspeita é menor de idade, a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais foi acionada para cumprir a ordem judicial na residência adolescente.

No local foram encontradas várias facas, armas falsas, o notebook com as provas do crime e uma máscara de um personagem de filme de terror. Acompanhada da mãe, a adolescente confessou o crime e ainda disse que teve a ajuda de um amiga que tem 16 anos.

A adolescente deverá ser responsabilizada por ato infracional análogo ao crime de ameaça.