GUAJARÁ-MIRIM – Projeto “Governo na Cidade” começa a instalar nova iluminação de Led na principal avenida

40
A principal avenida do município receberá a nova iluminação de Led, com a instalação de 148 postes de aço cônico
A principal avenida de Guajará-Mirim receberá a nova iluminação de Led, com a instalação de 148 postes de aço cônico.

Com recursos do Governo de Rondônia repassado à Prefeitura de Guajará-Mirim, o projeto “Governo na Cidade”  dará uma “cara nova” com a implantação de iluminação pública na principal avenida do município. O investimento do Estado é de 1.312,680,08 (um milhão trezentos e doze mil, seiscentos e oitenta reais e oito centavos).

O trabalho de retirada de postes de iluminação no canteiro central da Avenida XV de novembro ocorreu durante esta semana, para dar início nos próximos dias, a execução dos trabalhos por uma empresa contratada pela prefeitura, por meio de licitação.

O trecho a ser iluminado da principal via será a partir da Avenida Forte Príncipe da Beira, próxima à entrada da cidade, até a Avenida Getúlio Vargas, onde está situado o prédio do Poder Executivo Municipal. Neste trajeto serão instalados 148 postes de aço cônico, com 296 luminárias de 120w no sistema Led. A previsão da execução dos serviços é de 60 dias.

A prefeitura de Guajará-Mirim justificou a retirada dos antigos postes, pois são altos e impossibilitavam fazer manutenção necessária. Além disso a estrutura estava comprometida pelo tempo de uso e por serem muito antigos. A nova infraestrutura contribuirá com a trafegabilidade, segurança, desenvolvimento, qualidade de vida da comunidade local que conta com cerca de 47 mil habitantes.

GOVERNO NA CIDADE

O “Governo na Cidade” está presente em 47 municípios de Rondônia. No total 12 cidades já iniciaram obras, sendo elas: Alta Floresta d’Oeste, Cabixi, Campo Novo de Rondônia, Colorado do Oeste, Costa Marques, Guajará-Mirim, Monte Negro, Nova Brasilândia d’Oeste, Ouro Preto do Oeste, Rio Crespo, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé e Seringueiras. O investimento destinado ao projeto é de mais de R$ 175 milhões (cento e setenta e cinco milhões de reais).