GUAJARÁ-MIRIM – Governo realiza drive-thru e walk-thru de testagem rápida para covid-19 no município

40

A ação foi realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) em parceria com a Prefeitura do município

Antes mesmo do horário marcado filas de veículos davam voltas no quarteirão do Ginásio Poliesportivo Afonso Rodrigues, na manhã de domingo, 13, na região central do município de Guajará-Mirim. A testagem rápida no modelo drive-thru (pessoas com motocicletas e carros) e também os pedestres no sistema walk-thru (a pé), para detectar infectados com coronavírus, foi mais uma ação do Governo de Rondônia na região, objetivando detectar e diminuir os casos de covid-19. Foram realizados 466 testes, destes 26 resultaram positivos.

A ação foi realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) em parceria com a Prefeitura do município, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsau). Aqueles que recebiam resultados positivos para covid-19 passaram consulta médica, com orientação sobre tratamento e recomendação para adotar o isolamento social, e após a recuperação, retornam as atividades de rotina.

A aposentada Mercedes Soares Montanho, de 62 anos, a filha e os netos procuraram o local porque tiveram contato com familiares com diagnóstico positivo para a doença. “Meu marido e uma neta testaram positivo para covid-19, estão isolados, mas como tivemos contato com eles, vim com minha família, minha filha e meus três netos, todos nós passamos pela testagem rápida. A ação é muito importante, porque para fazer o teste precisamos buscar os postos de saúde e muitas das vezes não têm nem como fazer, marcam outro horário ou manda para outro posto. Para mim isso foi uma maravilha, eu nem esperava essa ação, quando soube confirmei o dia e horário certinho e aproveitamos”, disse a aposentada que teve um de seus netos, de 12 anos, testado positivo.

 “Eu trouxe minha mãe e meu vizinho, que estavam apresentando os sintomas gripais, mas graças a Deus que nós três demos negativo para covid. A ação é boa para atender a população que está vulnerável e não sabe que está com o vírus”, declarou o autônomo José Elias Lopes Aranha, de 28 anos.

O secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, compareceu ao evento e disse que as testagens em todo o estado é para quebrar a cadeia de transmissão no Estado e isso tem sido prioridade para o Governo de Rondônia.

“Pessoas assintomáticas que não estavam sentindo nada e estava por aí distribuído o vírus, eles têm a oportunidade de ter o seu diagnóstico, recebem o atendimento médico, medicação e essas pessoas ficam isoladas, em quarentena. Estando em quarentena, quebra a cadeia de transmissão do vírus e dessa forma a gente começa a controlar melhor a pandemia, melhora a saúde e mantém a economia do Estado crescendo”, frisou Máximo.

“A ideia é identificarmos o máximo de pacientes positivados com covid-19, garantir o atendimento médico, medicação e ao mesmo tempo emissão de atestado médico, para assegurar o isolamento social e assim quebramos a cadeia de transmissão do vírus. Quando falamos de testagem em massa estamos falando em salvar vidas”, frisou.

Máximo disse que a testagem em massa vai diminuir a transmissão de covid-19.

A prefeita de Guajará-Mirim, Raissa Paes, frisou a parceria com o Governo do Estado: “Só tenho a agradecer o Governo e toda sua equipe pela realização de mais uma ação conjunta em prol da população”.