Emilli Sousa se prepara para lançar dois novos projetos digitais voltados à cultura porto-velhense

34

Envolvida com a arte desde muito nova, Emilli Sousa se formou atriz, jornalista e é uma das personalidades que mais dá voz para a cultura local em busca de valorização do seu povo, da sua comunidade e dos profissionais que nela vivem.

Como apresentadora de TV, abriu espaço para que agentes de transformação falassem sobre a importância da cultura em Rondônia, como criadora de conteúdo digital, usou sua voz, sua imagem e seus canais de comunicação para que as informações chegassem a todos os interessados neste tema.

Em 2022, Emilli se prepara para lançar dois novos projetos culturais de enorme importância para a vida e história dela, viabilizados através do Edital nº 32/2021/SEJUCEL-CODEC – 2ª Edição Pacaás Novos – Prêmio para Difusão de Festivais Mostras e Feiras Artísticos-Culturais e também Edital nº 34/2021/SEJUCEL-CODEC – 2ª Edição Mary Cyanne – Prêmio de Produção Artistico-Cultural para Transmissões Ao Vivo/Gravadas.

Sobre os projetos

No primeiro projeto, Emilli Sousa resgata algumas de suas memórias afetivas mais presentes na construção de quem é hoje, a feira livre. Ao crescer vendo a relação de sua avó materna com a barraca e clientes, e também o envolvimento da família naquela atividade, ela desenvolveu um carinho especial que nutre até os dias de hoje, visitando as feiras de Porto Velho e também pelas cidades onde passa no mundo todo.

Em dois episódios da live “Feira – Sabores e Saberes”, a jornalista vai mostrar nos dias 08 e 09 de março, sob uma ótica muito carinhosa, quem faz a feira e para quem a feira é feita, contando curiosidades sobre a vida dos feirantes e também de quem frequenta os locais de forma regular.

No segundo projeto, o “Festival Delas – O que é que a cabôca tem?”, mostrará as influências femininas na Amazônia que moldaram a mulher que a Emilli é hoje e que com certeza têm um pouquinho nas outras milhares de mulheres que nasceram, moram ou já passaram pela região.

O festival de artes integradas contará com cinco episódios e compila a apresentação de artesanato, gastronomia, música, teatro e dança que tenham como principal participação essas mulheres que se reinventam e se fortalecem em coletivos e grupos na Região Norte. São mulheres que têm na Amazônia seu espaço referencial de identidade e pertencimento.

Sobre a produtora

Uma artista versátil que desde a infância atua no teatro e na tv. É atriz, integrante do Grupo de Teatro “Raízes do Porto” há mais de 20 anos. Sua formação e atuação na arte é parte da história deste importante grupo.

Comunicadora com formação em jornalismo, especialização em assessoria de comunicação e gerenciamento de crise, Master internacional em Direção de Comunicação e Marketing Digital pela Esic Madri e Master em Gestão Comercial pelo IPOG RO. Atriz profissional com o DRT/RO 655.

Desenvolve sua arte nas redes sociais com produção de conteúdos que contribuem para reflexões, debates e aprimoramento da identidade, cultura e arte em espaço amazônico. A artista tem uma importante atuação em redes sociais com produção de conteúdo online, onde busca compartilhar e ampliar o olhar para região norte, e especialmente a cultura do estado de Rondônia. Tem desenvolvido em suas redes, um programa experimental que chama de #nossopaísrondônia, onde busca compartilhar os pontos turísticos do estado, principais atrações culturais e fortalecimento de nossa arte.