Em busca de reforços na Europa, Botafogo faz contato com Gilberto e Douglas

42

Clube vai atrás de lateral-direito do Benfica e volante do PAOK, mas valores estão acima do que o Bota pretende pagar; orçamento para reforços começa a ser desenhado, mas não está fechado

Enquanto aguarda a definição do novo técnico, o Botafogo se mexe no mercado em busca de reforços para o time. O clube fez contato com o lateral-direito Gilberto, revelado pelo Bota e atualmente no Benfica, e o volante Douglas, do PAOK. A boa fase dos dois, porém, faz com que os valores estejam acima do que o clube deseja pagar.

A busca pelos dois brasileiros na Europa mostra a intenção de John Textor em ampliar o nível nas contratações e a criatividade no mapeamento do mercado. O americano citou em algumas entrevistas o interesse em contar com jogadores que queiram voltar ao Brasil e também que cheguem para ser titular.

A vontade do investidor é procurar jogadores em atividade que estejam bem na Europa e não apenas aqueles sem espaço ou em fim de contrato. Internamente, o Botafogo ainda debate as prioridades e as condições no mercado.

Titular do PAOK, da Grécia, o volante Douglas teve uma proposta de outro time europeu, mas ela foi recusada pelos gregos. Ele está na temporada mais artilheira da carreira, com três gols, além de três assistências em 24 jogos.

Gilberto também teve boa fase no Benfica. Ele sofreu com uma amigdalite, mas também perdeu espaço desde a saída de Jorge Jesus e não joga desde 15 de janeiro. Até então, o lateral-direito tinha participado de 22 jogos na temporada, com quatro gols marcados. Um deles na vitória em cima do Dínamo de Kiev, que ajudou a equipe a se classificar para as oitavas da Liga dos Campeões.

Antes de Textor começar a mexer no departamento de futebol alvinegro, o Botafogo negociou com o atacante Elkeson, o meia Óscar Romero e o volante Rafael Carioca. A conversa com eles, porém, não avançou para uma proposta concreta. Agora, a intenção é alinhar a lista de reforços entre os novos dirigentes que tocam o setor de mercado.

O orçamento que o clube vai ter para negociações também não está fechado. Já há um entendimento entre os setores do Botafogo e Textor, mas o martelo não está batido. A tendência é que isso aconteça com a chegada do americano ao Brasil, na próxima semana.

Fonte: ge