Cronograma para vacinação de crianças contra a covid-19 é montado em escolas de Porto Velho

50

Buscando ampliar o índice de vacinação de crianças contra a covid-19, a Prefeitura deu início a um planejamento para atender a alunos de Porto Velho. A Escola Municipal Joaquim Vicente Rondon, na zona Sul, foi uma das contempladas com a ação neste sábado (19).

A vacinação infantil e adulta segue de forma regular em unidades de saúde e no Porto Velho Shopping. O cronograma de vacinação nas escolas é uma medida para atingir, prioritariamente, as cerca de 55 mil crianças de 5 a 11 anos no município.

“Não se trata de uma vacinação obrigatória, mas precisa ter o desejo e acompanhamento da criança durante o ato vacinal. Temos um cronograma e ele pode ser alterado de acordo com a necessidade dos pais. Neste momento, nós já temos mais de 10 mil crianças vacinadas”, informou o prefeito Hildon Chaves, que acompanhou os trabalhos na manhã deste sábado.

De acordo com o balanço da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), apenas 18% do público infantil recebeu a 1ª dose de imunizante contra a covid-19. “A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda a vacinação e a maioria dos grandes países do mundo estão vacinando. Esta é uma medida importantíssima para salvaguardar a saúde de nossos meninos e meninas”, reitera Hildon Chaves ao dizer do esforço da Prefeitura em ofertar a vacinação em pontos estratégicos.

Chamamento

Com a retomada das aulas presenciais, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) segue comprometida em garantir a segurança dos profissionais e alunos. Para a titular da pasta, Gláucia Negreiros, há um empenho na busca por vacinar todo o público esperado no menor tempo possível.

“Aproveitamos o momento para conscientizar as famílias de que a vacina é importante e que queremos garantir a segurança à vida. Por isso, fazemos esse chamamento. Acredite na vacina, ela salva a vida. Além disso, o imunizante ainda consegue multiplicar a rede de proteção às outras pessoas e reduzir o número de internação e os casos de óbito”, afirma a secretária.

O movimento também atendeu as escolas Antônio Ferreira, no bairro São Cristóvão, e Chapeuzinho Vermelho, no bairro Teixeirão. Em todos os pontos de vacinação também são oferecidas vacinas para adolescentes e adultos.

Responsabilidade

Quem não perdeu tempo e deu exemplo levando a filha para se vacinar foi a professora Marcele Ferreira. A mãe de Isis Maiele é uma incentivadora da vacinação e acredita na ciência.

“Acreditamos que a vacina salva a vida, sim. Por isso, pedimos à população que compareça nos postos de vacinação com as crianças. Ela é muito corajosa e estava ansiosa para tomar a vacina e hoje eu me sinto muito feliz por ter essa oportunidade”, completa.

Cronograma

A partir de terça-feira (22), as equipes da Divisão de Imunização da Semusa atenderão com vacinas nas escolas municipais Antônio Ferreira (bairro São Cristóvão), Chapeuzinho Vermelho (bairro Teixeirão), Professora Ronilza Cordeiro (bairro Teixeirão) e Santa Marcelina (unidade Pedacinho de Chão).