Assejus/RO e CUT/RO participam de reunião na ALE para agilizar o pagamento dos Servidores do TJ/RO

45

A Diretoria da Associação dos Servidores da Justiça no Estado de Rondônia – ASSEJUS/RO e a Diretoria da CUT/RO, foram convidadas para uma reunião no Gabinete do Deputado Estadual, Lazinho da Fetragro (PT/RO).

E a pauta da reunião, foi centralizada em dois projetos de lei, que tramitam na Casa, de autoria do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, são eles: o PLC n. 154/2022 que estende o auxílio-saúde para os servidores aposentados e pensionistas e o PL n. 1.531/2022, que trata do reajuste salarial dos servidores do judiciário, no percentual de 4,5%.

De acordo com o Presidente da Assejus/RO, Brunno Oliveira, os servidores tem pressa na aprovação dessas pautas, que precisa ser aprovada o mais rápido possível, sob pena, do benefício ser pago somente no contracheque do mês de abril, o que seria um prejuízo.

A Presidente da CUT/RO, Elizilene Nascimento, destacou o trabalho da Assejus/RO em prol dos servidores e ressaltou que a classe não pode ficar sem representação.

‘‘Olha é a primeira vez que eu vejo, na luta sindical, uma Associação, trabalhar mais pela categoria e se dedicar com mais afinco e disposição, do que o próprio Sindicato e sem qualquer remuneração. E quem sofre com esse abandono são os servidores que ficam desamparados, infelizmente. Quer prova maior do que esses 4,5%, de reajuste no salário? Sendo que a inflação está 11%’’ comentou a Presidente da CUT.

O deputado Lazinho, assumiu o compromisso de trabalhar para pautar os dois projetos de leis, assim que a pauta da Assembleia Legislativa, for liberada. 

‘‘Todas as pautas que envolvem os servidores públicos são importantes para nós, inclusive, a do Judiciário, que movimenta a justiça do nosso estado. E aqui na Assembleia, tem dois projetos tramitando, o do reajuste no salário e o do auxílio-saúde para os aposentados. O que eu posso fazer como parlamentar, é pedir a inclusão na pauta, o quanto antes. Só que os vetos do Executivo na Lei do Zoneamento, trancou todos os expedientes da casa, impedindo o seu rito normal. Mas, assim que a pauta for destravada, votaremos esses projetos do judiciário, podem contar com a gente’’, comentou o Deputado. Lazinho.