Ainda sem receber, Santos aceita ter Alison de volta, mas vê negociação difícil

68

Al-Hazem, da Arábia Saudita, comprou o volante por US$ 800 mil e não pagou todas as parcelas

Santos ainda tem valores a receber do Al-Hazem, da Arábia Saudita, pela venda do volante Alison. Uma das alternativas de acordo buscadas pelo Peixe é a volta do jogador, mas a possibilidade é remota.

Santos vê com bons olhos um possível retorno de Alison ao elenco comandado pelo técnico Fabián Bustos. Ao mesmo tempo, o Al-Hazem não tem mostrado muita disposição para liberar o jogador, já que pagou parte do valor total da operação.

Alison foi vendido para o Al-Hazem em agosto de 2021. O valor, cerca de 800 mil dólares (R$ 4,2 milhões, de acordo com a cotação da época), foi dividido em parcelas. Algumas foram pagas, mas ainda há valores em aberto.

Enquanto discute a possibilidade de ter Alison de novo, o Santos tenta, também, receber o que tem direito pela negociação.

Outra possibilidade debatida internamente pelo Santos é ir à Fifa para cobrar o Al-Hazem, mas o processo pode se arrastar. O clube entende que resolver diretamente com os árabes é a melhor solução para receber o que tem direito – ou para ter Alison de volta.

Contratar um primeiro volante é um dos objetivos da diretoria depois da chegada do técnico Fabián Bustos.